Inverno, sono e seus ritmos circadianos

Ao contrário dos animais, os humanos não precisam hibernar durante o inverno. Pode parecer que você precisa dormir mais durante os meses de inverno porque os dias ficam mais curtos. No entanto, sua necessidade real de sono não aumenta.

É normal que os hábitos de sono e os ciclos de atividade mudem um pouco com a mudança das estações, de acordo com o Dr. Emerson M. Wickwire, Diretor do Programa de Medicina do Sono da Pulmonary Disease and Critical Care Associates em Columbia, Maryland, professor assistente da Johns Hopkins School of Medicine. Se sentir sonolência diurna excessiva ou fadiga ou uma mudança perceptível em seu humor, irritabilidade ou capacidade de pensar ou lembrar com clareza, converse com um médico do sono credenciado .

“O maior erro que as pessoas cometem quando se trata de dormir no inverno é ignorar o ritmo natural do corpo. Mesmo que você fique tentado a ficar na cama ou no sofá o dia todo, a menos que esteja doente, é uma boa ideia levantar e se mover. ”

Ficar na cama ou no sofá o dia todo quando você não está doente pode alterar seu ritmo circadiano. As pistas visuais de luz e escuridão “definem” este relógio interno mantendo-o sincronizado em um ciclo de 24 horas.

Uma série de distúrbios do sono que estão associados a ritmos circadianos desalinhados, incluindo insônia , jet lag e distúrbio do trabalho por turnos . Ritmos circadianos anormais também foram responsabilizados pela depressão, transtorno bipolar e transtorno afetivo sazonal, que é mais comum no inverno.

DICAS PARA DORMIR NO INVERNO

  • Aumentar a exposição à luz
  • aumentar ou manter a atividade física
  • Use um umidificador ou enxágue nasal para evitar que as vias aéreas sequem
  • Certifique-se de que seu quarto não esteja muito quente ou muito frio

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *