A vida civil é interrompida por PTSD e distúrbios do sono para muitos soldados que voltam do Iraque

Um novo estudo encontrou altas taxas de distúrbios do sono entre os atuais e ex-militares que serviram no Afeganistão durante a Operação Enduring Freedom ou no Iraque durante a Operação Iraqi Freedom.

Problemas de sono foram consideravelmente mais comuns e graves entre aqueles com transtorno de estresse pós-traumático (PTSD), relata Military.com. PTSD é uma síndrome de ansiedade que ocorre após um evento traumático, como combate ou exposição militar. Os sintomas geralmente melhoram após três meses de tratamento, mas para algumas pessoas o problema continua pelo resto de suas vidas.

Dados do Pentágono sugerem que até 20% dos veteranos da guerra do Iraque que retornam sofrem de PTSD. Registros do Departamento de Assuntos de Veteranos mostram que  quase 76.000 veteranos das guerras atuais foram diagnosticados com PTSDentre 2002 e meados de 2008.

De acordo com o AASM, a maioria das pessoas com PTSD relata ter sono perturbado e sofre de pesadelos graves nos quais revive o evento traumático. Casos graves de PTSD podem ser tratados com  terapia cognitivo-comportamental e medicamentos para melhorar o sono.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *