A dificuldade de mudar de turno

Tente dormir quando o sol está nascendo e continue dormindo durante as horas mais brilhantes do dia. Nunca é fácil. Os estranhos horários de sono que acompanham o trabalho por turnos vão contra tudo o que aprendemos desde cedo. Inverter sua rotina de sono é um choque para o sistema que costuma levar à insônia e à fadiga crônica.

O mesmo não pode ser dito sobre a mudança do trabalho por turnos para o horário diurno regular, relata um novo estudo. Pesquisadores suecos examinaram as dificuldades de transição associadas ao trabalho por turnos.

O estudo envolveu mais de 3.600 participantes que responderam questionários sobre horas de trabalho, sono e ambiente de trabalho no início e no final de um período de cinco anos.

Os resultados mostram que os participantes tinham mais problemas para dormir ao entrar no trabalho por turnos. Muitos relataram adormecer no trabalho e ter dificuldade em dormir após o trabalho.

Voltar para o horário diurno teve o efeito oposto. O risco de fadiga do trabalho e insônia diminuiu significativamente após a saída do trabalho por turnos.

Os resultados foram ajustados para vários fatores, incluindo demandas de trabalho, carga de trabalho física e status familiar.

Nem todos os horários de trabalho por turnos são igualmente difíceis, como sugere um estudo anterior. Trabalhos com horários de início entre 20h e 12h tendem a limitar o sono e prejudicar o desempenho no trabalho.

A cafeína pode ajudar a compensar a fadiga e limitar os erros no trabalho. Certifique-se de limitar o consumo às primeiras horas de trabalho para não ter problemas para dormir mais tarde.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *